Introdução Alimentar: Como começar?

Introdução Alimentar: como começar

A Introdução Alimentar é um momento único e muito especial, onde o bebê começará a aprender a comer.

Esta fase deve ocorrer de forma lenta e gradual, pois até o momento o bebê estava acostumado apenas com leite materno ou com a fórmula infantil.

Como preparar o bebê para a Introdução Alimentar

A preparação do bebê para a Introdução Alimentar deve ser iniciada aos 5 meses de idade.

Como o ato de comer é complexo e deve ser aprendido gradualmente pelo bebê, a preparação serve para estimular a aceitação de novos alimentos, o que poderá facilitar bastante na hora de iniciar a Introdução Alimentar.

Esses estímulos podem ocorrer de três formas:

Uso de mordedores com diferentes texturas

Mordedores Introdução Alimentar

Os bebês são capazes de perceber diferentes texturas na boca.

Com isso, dar ao bebê diversos modelos de mordedores permitirá que ele conheça diferentes texturas, o que será muito útil durante o processo de Introdução Alimentar.

Comer com frequência na frente do bebê

Uma das formas que os bebês aprendem é através da observação.

Por esse motivo, quando o bebê participa das refeições da família, ele tende a observar tudo o que acontece ao seu redor.

Inclusive, é muito comum o bebê fixar o olhar em alguém, pois estará observando com bastante atenção o que e como a pessoa está comendo.

Mas não se engane, não é vontade de comer, é apenas curiosidade!

Logo, ao completar 5 meses de idade, é importante que o bebê participe do momento da refeição com a família, assim ele poderá ficar observando e aprendendo a comer.

Deixar o bebê de barriga para baixo – Tummy Time

Deixar o bebê de barriga para baixo, na posição conhecida por Tummy Time, auxilia no desenvolvimento motor, fortalecimento do tronco e pescoço.

Dessa forma, o bebê terá mais facilidade e conforto para ficar sentado na cadeira durante a alimentação.

Os 6 sinais de prontidão da Introdução Alimentar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomendam iniciar a Introdução Alimentar aos 6 meses de idade.

No entanto, o desenvolvimento dos bebês nem sempre ocorre de acordo com o tempo médio estabelecido.

Portanto, para iniciar a Introdução Alimentar, é necessário que o bebê além de ter 6 meses de idade, também apresente os seguintes sinais:

  • Sentar com pouco ou sem nenhum apoio;
  • Manter a cabeça firme;
  • Demonstrar interesse pela comida;
  • Levar objetos à boca;
  • Ter menos movimentos de empurrar a língua para fora da boca.

Atenção: para bebês prematuros é preciso considerar a idade corrigida e os sinais de prontidão.

Por isso, é recomendado o acompanhamento de um Nutricionista Materno Infantil.

Iniciar a Introdução Alimentar com frutas ou legumes?

Os bebês já nascem apreciando o sabor doce.

Com isso, eles são mais propícios a aceitar frutas primeiro, principalmente as mais macias, como a banana e a laranja.

No entanto, não há problema iniciar a Introdução Alimentar com legumes antes ou em conjunto com as frutas.

Frutas mais indicadas para começar a Introdução Alimentar

Para ter uma melhor aceitação alimentar, eu recomendo oferecer nas primeiras vezes frutas mais macias, pois estas darão conforto na boca do bebê, resultando em menor recusa.

Com o passar do tempo, você poderá acrescentar outras frutas na rotina alimentar, tais como o melão e a melancia.

Frutas Introdução Alimentar

Para assegurar a saúde e o desenvolvimento do bebê, evite frutas com altos níveis de agrotóxicos no início, tais como o morango e o kiwi.

A minha sugestão é, sempre que possível, dê preferência para as frutas orgânicas.

Frutas para bebês de 6 meses

Principalmente durante as primeiras semanas, é indicado oferecer frutas macias ao bebê, tais como:

  • Laranja;
  • Abacate;
  • Banana;
  • Maçã;
  • Mamão;
  • Manga;
  • Pera.

Não se esqueça: as frutas podem ser dadas ao bebê cortadas em pedaços (seguindo os cortes BLW), raspadas, no caso da maçã e da pera, ou amassadas.

Legumes para começar a Introdução Alimentar

Podemos começar a Introdução Alimentar com qualquer legume, desde que esteja cortado em pedaços com tamanho adequado.

A minha recomendação é não cortar pedaços muito pequenos, e que sejam cozidos no vapor, a fim de diminuir a perda de vitaminas e minerais.

Legumes Introdução Alimentar

Além disso, o legume deve ficar al dente, ou seja, após cozido deve apresentar firmeza, de modo a não ficar nem muito mole nem muito duro.

Para saber se está bem cozido, você poderá furá-lo com o auxílio de um garfo ou palito e sentir a textura do legume antes de retirá-lo da panela.

Assim como as frutas, os legumes podem ser dados ao bebê em pedaços ou amassados com o garfo.

Como montar o pratinho do bebê de 6 meses

É necessário que se tenha ao menos um alimento de cada um dos grupos alimentares no pratinho do bebê.

Pratinho do bebê Introdução Alimentar

Para tornar desde cedo o cardápio do bebê rico em variedade, pode-se inserir em sua alimentação uma gama de alimentos, como os listados abaixo:

Grupo AlimentarExemplos de Alimentos
ProteínasCarne vermelha, frango, peixe, ovo ou filé de carne suína
LegumesCenoura, berinjela, abobrinha, chuchu, beterraba, abóbora
CarboidratosMacarrão, batata doce, batata inglesa, mandioquinha
VerdurasEspinafre, agrião, rúcula, salsa
LeguminosasOs mais variados tipos de feijões

É importante lembrar que leguminosas precisam ser deixadas de molho por cerca de 8 a 12 horas, a fim de se evitar gases no bebê.

Em casos de dúvidas sobre Introdução Alimentar, cardápios ou para acompanhar a alimentação do seu bebê procure um Nutricionista Materno Infantil.

Paula Stancari Nutricionista On-line

Ficou com alguma dúvida?

1 comentário em “Introdução Alimentar: Como começar?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Leia Mais

12 alimentos proibidos para bebês

12 Alimentos proibidos para bebês

Quando o bebê completa 6 meses de idade, inicia-se o processo de Introdução Alimentar.

Durante essa fase, que terá duração até os 12 meses de vida, é recomendado que o bebê conheça a maior variedade possível de alimentos com diferentes texturas e sabores.

Viajar com o bebê Introdução Alimentar

Viajar com o bebê durante a Introdução Alimentar

Viajar com o bebê durante a fase de Introdução Alimentar pode ser um desafio, mas com uma certa organização e escolhendo destinos mais tranquilos é possível manter a rotina do bebê e curtir a viagem, além de descansar sem descuidar da Introdução Alimentar.

Consultório Anália Franco

Av. Regente Feijó, 944 – 7º andar - Anália Franco – São Paulo

Consultório Vila Clementino

R. Dr. Diogo de Faria, 892 - Vila Clementino - São Paulo

Paula Stancari © Copyright 2021. Todos os direitos reservados