O consumo de água durante a gestação é essencial tanto para a mãe quanto para o bebê, porém a gestante deve se atentar em relação aos diferentes tipos de água com gás e as suas contraindicações.

O que é água com gás?

Antes de tudo, é importante esclarecer que a água com gás é composta por dois ingredientes simples:  água e dióxido de carbono.

A água é fundamental na gestação para manter a hidratação da mãe e o equilíbrio do líquido amniótico, essencial para o bem-estar do bebê.

Já o dióxido de carbono, é o responsável pela formação das pequenas bolhas que dão à água a característica gaseificada.

É importante ressaltar que a água com gás não contém calorias e não traz nenhum prejuízo para a gestação.

No entanto, é possível encontrar nos corredores dos supermercados três opções que se assemelham à água com gás, mas que são muito diferentes, podendo conter substâncias que devem ser evitadas pelas gestantes.

Saiba a diferença entre refrigerante, água tônica e água aromatizada com gás

Refrigerante transparente

Tem a aparência e nome comercial de água com gás, porém contém na sua formulação adoçantes e aditivos que não fazem nada bem para as gestantes.

Portanto, não se deixe enganar: é refrigerante e o seu consumo por gestantes deve ser evitado.

Água Tônica

Diferente do nome comercial, a Água Tônica também é um refrigerante e contém uma substância chamada quinina, responsável por conferir o sabor amargo a bebida.

Controle seu peso através de um plano alimentar equilibrado

Logo, essa opção também não é apropriada pera gestantes.

Água com gás saborizada

Quando composta a base de suco de frutas (aromatizante natural), pode ser consumida durante a gestação.

Por isso, sempre recomendo a leitura cuidadosa da lista de ingredientes ao fazer suas escolhas, pois somente dessa forma, você terá certeza da composição dos produtos.

Como consumir água com gás na gestação?

A água com gás pode ser consumida pura, com limão ou com frutas, e pode ser uma aliada para gestantes que estavam acostumadas a tomar refrigerantes ou que estão com dificuldade de tomar água pura.

Ela também é indicada para gestantes que sofrem com enjoos.

Nesse caso, minha dica é consumir água com gás bem geladinha, adicionando um pouco de limão e uma rodela de gengibre para ajudar ainda mais.

Existe contraindicação de água com gás na gestação?

Sim, há algumas situações em que o consumo de água com gás deve ser evitado por gestantes:


Nutricionistas de gestantes on-lineEspecialistas em Gestantes

Gestantes que já fizeram cirurgia bariátrica

Nestes casos, o consumo de água com gás pode causar desconforto abdominal ou distensão, devido à capacidade reduzida do estômago.

Gestantes que apresentam azia ou refluxo gastroesofágico

A ingestão de água com gás pode agravar esses sintomas.

Enfim, se você está gestante e deseja substituir o refrigerante ou se está sentindo enjoos, a água com gás pode ser uma opção segura e refrescante, desde que você não esteja incluída nos casos contraindicados acima.

Se você deseja realizar uma alimentação segura e que ainda contribua com o bom desenvolvimento do seu bebê, procure uma nutricionista especialista em gestantes.

Você também vai gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Equipe Nutricionistas Paula Stancari Nutrição Materno Infantil

Paula Stancari Nutrição Materno Infantil

Especialistas em alimentação de gestantes, gestação saudável, diabetes gestacional e gestação de risco

Receba as novidades

Compartilhe

Facebook
WhatsApp